Caminhões

Caminhão Ford F-600

Criado para transporte de bens e fornecimento de serviços, o caminhão é construído em várias dimensões, desde o tamanho de um automóvel pick-up com mala aberta ao tamanho de caminhões pesados de auto-estrada com semi-atrelados.

O primeiro caminhão produzido no Brasil foi o L-312, da Mercedes- Benz. Lançado em 1956, era chamado de "Torpedo" por causa do formato do cofre do motor, que lembrava um projétil. Possuia capacidade de 6 toneladas e era considerado um caminhão médio.

Já o segundo caminhão nacional foi um Ford F-600 a gasolina, com motor de 167cv, fabricado em 1957. O primeiro desafio do Ford F-600 foi uma viagem histórica até Pernambuco (Caruaru), enfrentou mais de 1.500 Km de estrada, sendo 1.100 Km não pavimentado.

Segundo informações da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, a produção de caminhões no Brasil registrou queda de 30% no primeiro semestre do ano de 2012. Em função desta queda as montadoras concedem férias coletivas, realizam turnos reduzidos de trabalho e acumulam os veículos nos pátios. Porém a tendência é que esta situação mude, quando as recentes medidas de estímulo a esse segmento começarem a surtir efeito e a economia do País retomar a trajetória de crescimento.

Eventos de Caminhões

Fórmula Truck

Em se tratando de eventos relacionados a caminhões podemos fazer diversas referências , tais como: "Encontro Nacional de ônibus e caminhões antigos", realizado em São Paulo, "Romaria dos Caminhoneiros" em Itapecerica da Serra e "Fórmula Truck".

Evento muito famoso e que atrai pessoas de diversos países é a Fórmula Truck. Composta de caminhões preparados para corrida, no total são 6 marcas de veículos com 24 pilotos e 14 equipes.

Na Fórmula Truck o número de voltas de uma etapa varia entre 30 e 35, dependendo da extensão da pista e das condições do autódromo, afinal, cada evento é realizado em um local diferente.

Corrida de Caminhões

Interessante notar que na Fórmula Truck há um limite de velocidade que é de 160 km/h, a fim de garantir melhor segurança. A fiscalização acontece com a ajuda de "radares" instalados em alguns pontos ao redor da pista.

Mais Informações

Caminhão

Para retirada de habilitação da categoria "D", referente a caminhão, existe uma variação de R$ 450,00 a R$ 700,00 dependendo de cada região.

O caminho para se chegar a habilitação "D" é mais longo do que para adquirir habilitação de qualquer outra categoria. O condutor precisa estar habilitado há mais de um ano na categoria C e dois na categoria B, sem ter cometido nenhuma infração que pontue a carteira.

Embora nos últimos 30 anos a evolução dos caminhões tenha sido significativa, isto não se compara ao que a fabricante russa Kamaz prevê para as próximas décadas. Um caminhão com motores elétricos alimentados de células de hidrogênio, o veículo não emitiria gases poluentes e ainda poderia alcançar rendimentos maiores que os movidos a óleo diesel. Com banheiro, cozinha e quarto, este projeto será possível para um futuro distante, por volta do ano 2040.